Amamentação


O leite materno é a forma mais natural de alimentar um recém-nascido.
Esta é a melhor alimentação que lhe pode dar e a mais completa, mesmo que seja só por algumas semanas. À excepção de alguns casos, todas as mães estão em condições de amamentar o seu filho recém-nascido.
Amamentação

Vantagens do leite materno

O leite materno contém tudo aquilo que um bebé precisa nos primeiros 4 a 6 meses. Enquanto você o estiver a amamentar, o seu filho não precisará de quaisquer suplementos para além da vitamina D contra o raquitismo, que frequentemente e em virtude da reduzida exposição ao sol não é formada em quantidade suficiente no corpo, e o flúor, que serve para reduzir o risco de cáries. Desde que você se alimente equilibradamente, o seu leite possuirá todas as vitaminas de que o seu filho precisa. A vitamina D deverá ser administrada durante todo o primeiro ano de vida e durante o segundo Inverno. (O flúor deverá continuar a ser administrado até ao sétimo ano de vida da criança).

  • Contém anticorpos, que ajudam a proteger o bebé contra infecções durante bastante tempo.

  • É de digestão fácil: raramente causa problemas de digestão a nível do estômago e dos intestinos.

  • Pode proteger de doenças alérgicas como a asma e o eczema (desde que nos primeiros 6 meses a criança não ingira qualquer outro tipo de alimentação).

  • Amamentar poupa tempo, dinheiro e a paciência das mães, pois está sempre disponível quando a criança tem fome e não custa nada. Não precisa de ser aquecido, arrefecido nem esterilizado!

  • A mãe volta a atingir mais cedo o peso que tinha antes da gravidez. O útero retrai-se e volta ao tamanho normal mais depressa do que no caso de uma mãe que não amamente.

  • A amamentação poderá ter um papel importante na prevenção da diabetes do tipo 1 em crianças com antecedentes desta doença na família. De acordo com um estudo canadiano, um componente proteico do leite de vaca poderá aumentar nestas crianças o risco de se tornarem diabéticas se for administrado nos primeiros 5 a 6 meses de vida. (New England Journal of Medicine, 1992).

  • Alguns estudos apontam no sentido de que a amamentação poderá ajudar a prevenir o cancro da mama.

  • Uma vez que na amamentação os músculos envolvidos são possivelmente solicitados de maneira diferente, é possível que o desenvolvimento dos dentes resulte melhor em crianças amamentadas.

  • A amamentação promove uma relação de grande intimidade entre a mãe e o bebé mediante o suave contacto da pele de ambos. A criança sente-se protegida no peito da mãe. A mãe, por sua vez, experimenta o calor, a entrega e a satisfação de contribuir tão directamente para o desenvolvimento do seu filho. Esta experiência poderá constituir uma base importante para a vida futura em conjunto.


  • Artigos relacionados

    A posição correcta de amamentar
    A posição correcta de amamentar
    Frequência e duração da amamentação
    Frequência e duração da amamentação
    Terei leite suficiente?
    Terei leite suficiente?
    Quando deve o bebé parar de mamar?
    Quando deve o bebé parar de mamar?

    Também lhe pode interessar

    Amamentação: Cuide de si

    Amamentação: Cuide de si

    Quando amamenta o seu filho, nunca deverá atender exclusivamente às necessidades deste em detrimento das suas próprias necessidades.

    continuar a ler

    Como evitar inflamações nos mamilos

    Como evitar inflamações nos mamilos

    Sobretudo no início do período de amamentação, os mamilos poderão ficar doridos o que se deve sobretudo à posição de amamentação adotada.

    continuar a ler

    Notícias

    18/04/17 - DGS recomenda a vacinação contra o sarampo

    ver artigo

    Vacinação da grávida contra a tosse convulsa

    ver artigo

    Plano Nacional de Vacinação 2017 entra em vigor

    ver artigo

    Nomes populares em 2016

    ver artigo

    Clube

    — artigos mais recentes —

    — Instagram

    Instagram Felicitas
    Instagram Felicitas
    Instagram Felicitas
    Instagram Felicitas